sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Entre berçários e explosões: conheça o fantástico mundo do céu profundo

 Por: Eduarda Rosa | Postado em: 23/10/2015
O professor da UEMS, Luís Humberto, se aprofundou nos conhecimentos da astrofotografia
Apesar de se falar muito em planetas, são as estrelas as mais incríveis protagonistas do Universo.  É em torno delas que os planetas ficam e são elas que criam vários espetáculos, tanto quando nascem quanto quando morrem. É um incrível show acima de nossas cabeças, na nossa galáxia e muito além dela.
Apesar de toda esta riqueza, muitas vezes, reduzimos as estrelas a um desenho com cinco, seis ou mais pontas. Mas a verdade é que o Sol, por exemplo, é uma estrela e todas as outras estrelas que vemos no céu a noite também são “sóis”, muito distantes da Terra, o que nos faz enxergar apenas uma pequena fração do seu brilho.

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

"Eu fiz Universidade, o resto é resto", entrevista com Pedro Pedrossian


O ano é 2013 e uma equipe da UEMS reúne-se em Dourados para discutir o que seria feito para comemorar o 20° aniversário da Universidade. “Poderíamos produzir um selo comemorativo”, “interessante fazer um evento em cada unidade”, “que tal um vídeo sobre nossa história?”, as ideias começam a brotar, mas nenhuma é recebida de forma tão unânime quanto a de homenagear aquele que fora responsável direto pela criação da Universidade: Pedro Pedrossian. 
Mais do que homenageá-lo, com uma placa ou qualquer outro presente, concordaram que bom mesmo seria ouvi-lo dizer, com suas palavras e a partir de suas memórias, como foi criar a Universidade, mesmo num contexto de baixa arrecadação que Estado tinha a época. Afinal, foram três universidades públicas implantadas por ele ao longo de sua carreira política: Universidade Federal de Mato Grosso, Federal de Mato Grosso do Sul e Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Entrevista com Pedro Pedrossian (ACS/UEMS)


Entrevista concedida pelo ex-governador de Mato Grosso do Sul, Pedro Pedrossian na ocasião do 20° aniversário da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). 
Pedrossian foi o governador responsável pela implantação desta e de outras duas universidades pública no Centro Oeste.

Produzido pela Assessoria de Comunicação Social da UEMS

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Pesquisadores organizam museu de peixes na UEMS


13/10/2015

Montar uma coleção pode ser hobby para alguns, mas para os pesquisadores da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) é trabalho sério. Eles organizaram um museu de peixes de diversas bacias dos rios de Mato Grosso do Sul para saber quais peixes já estão identificados e classificar espécies ainda desconhecidas.

Saiba mais: http://www.portal.uems.br/noticias/detalhes/pesquisadores-organizam-museu-de-peixes-na-uems-093344

sábado, 10 de outubro de 2015

Pesquisadores organizam museu de peixes na UEMS


10/10/2015

TV Morena/Rede Globo
Reportagem: Diogo Nolasco

Saiba mais: http://www.portal.uems.br/noticias/detalhes/pesquisadores-organizam-museu-de-peixes-na-uems-093344

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Pesquisadores organizam museu de peixes na UEMS

Por: Eduarda Rosa | Postado em: 09/10/2015
O professor Yzel Súarez é o coordenador do projeto da coleção de peixes da UEMS
Montar uma coleção pode ser hobby para alguns, mas para os pesquisadores da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) é trabalho sério. Eles organizaram um museu de peixes de diversas bacias dos rios de Mato Grosso do Sul para saber quais peixes já estão identificados e classificar espécies ainda desconhecidas.
O museu tem como objetivo ter uma coleção de referência de representantes de peixes do Estado, “o número de espécies de peixes registradas no MS até hoje é de 356 espécies, incluindo as bacias do Alto Paraná e Paraguai, na nossa coleção temos 217 espécies de peixes registradas em rios e riachos, mas ainda falta organizar as da planície pantaneira, então acredito que vamos nos aproximar de 300 espécies”, disse o coordenador do projeto, Yzel Rondon Súarez.

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Através de telescópios, estudantes da UEMS monitoram qualidade do ar


08/10/2015

Acadêmicos do curso de Engenharia Física da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), de Dourados, desenvolveram um sistema de monitoramento da qualidade do ar utilizando telescópios. O objetivo é determinar a presença de elementos que podem causar problemas respiratórios, além de provocarem chuvas ácidas. Esses elementos, principalmente o dióxido de nitrogênio emitidos na atmosfera por veículos e indústrias, são extremamente tóxicos ao meio ambiente e a todos os seres vivos.

Saiba mais:http://www.portal.uems.br/noticias/detalhes/estudantes-da-uems-desenvolvem-sistema-que-monitora-qualidade-do-ar-usando-telescopios-093028

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Através de telescópios, estudantes da UEMS monitoram qualidade do ar

Por: Eduarda Rosa | Postado em: 05/10/2015
Acadêmicos do curso de Engenharia Física da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), de Dourados, desenvolveram um sistema de monitoramento da qualidade do ar utilizando telescópios. O objetivo é determinar a presença de elementos que podem causar problemas respiratórios, além de provocarem chuvas ácidas. Esses elementos, principalmente o dióxido de nitrogênio emitidos na atmosfera por veículos e indústrias, são extremamente tóxicos ao meio ambiente e a todos os seres vivos.
A inovação da pesquisa acontece com a utilização de um sistema composto por dois telescópios. Um deles é ligado a um emissor de luz (LED de alta potência) e o outro é ligado a um espectrômetro eletrônico que analisa a luz, a digitaliza e a transmite ao computador para processamento dos resultados.