quinta-feira, 21 de março de 2013

Em média, 40 pessoas vítimas de drogas e álcool são atendidas diariamente em Dourados


Terezinha Inês Bonfim, psicóloga e coordenadora do Caps-Ad - Foto: Eduarda Rosa
Eduarda Rosa

De acordo com o Levantamento Domiciliar sobre o Uso de Drogas Psicotrópicas no Brasil, de 2005, cerca de 5,8 milhões de pessoas no país fazem tratamento contra o alcoolismo. Esse retrato se reflete no Caps-Ad (Centro de Atenção Psicossocial - Álcool e outras Drogas) de Dourados.
A psicóloga e coordenadora do local, Terezinha Inês Bonfim, disse que no local, tratam-se em média 40 pessoas diariamente e o maior número delas é por conta do alcoolismo. “Os pacientes de alcoolismo procuram tratamento mais do que das outras drogas e a faixa etária é de 35 a 60 anos, pois já estão sentindo os efeitos do álcool”, disse.

sexta-feira, 15 de março de 2013

Advogado tira dúvidas sobre direitos do consumidor


Eduarda Rosa

Lembrando o Dia Mundial dos Direitos do Consumidor, comemorado hoje (15), o 
Dourados News  entrevistou oadvogado, Horêncio Serrou Camy Filho, presidente da Comissão do Consumidor da 4ª Subseção da OAB/MS, em Dourados, que tirou algumas dúvidas sobre direitos do consumir em situações ocasionais.
Em seus depoimentos ele fala sobre alguns procedimentos que garantem o direito às pessoas ao sentirem-se prejudicadas.
Dourados News: Como trocar produtos comprados pela Internet ou por telefone?
Horêncio Serrou Camy Filho: O legislador ao elaborar o Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078/90), teve tanta preocupação em proteger o consumidor contra propaganda enganosa e truques que o induzem ao erro, que estabeleceu a regra de que para as comprasrealizadas fora do estabelecimento comercial, ou seja, aquelas realizadas por telefone, pela internet ou “call centeres”, o consumidor possui o prazo de 07 (sete) dias contados da data do recebimento do produto ou do contrato da prestação de serviço para se arrepender e solicitar mediante requerimento a devolução do produto e conseqüentemente a imediata devolução do dinheiro devidamente atualizado a partir da data do pagamento. O referido direito é tratado pelo Código de Defesa do Consumidor como prazo para reflexão, direito este garantido pelo artigo 49, do CDC. No entanto, o consumidor deve imprimir emails da comunicação de devolução do produto e do pedido de devolução do dinheiro, anotar protocolos e, se for por carta a comunicação, enviar via Aviso de Recebimento.

sábado, 9 de março de 2013

Acrobata, mãe e esposa, artista circense não consegue viver sem a magia do picadeiro



Leandra Giovanni Silva - Foto: Eduarda Rosa
Eduarda Rosa
Rufem os tambores.... Respeitável público, o Dourados News tem o prazer de apresentar a história de Leandra Giovanni Silva, 31, que além de fazer acrobacias em argolas e tecidos é mãe, dona de casa e esposa. Ela, seu marido e filho estão no município para apresentações.

Creche André Luiz: a realização do sonho da ‘vovó Josephina’



Josephina Fernandes Capilé é a primeira homenageada do Dourados News na semana da Mulher - Foto: Eduarda Rosa
Eduarda Rosa
“Vovó”. Está é a forma como dona Josephina Fernandes Capilé é tratada pelas suas 220 crianças, na Creche André Luiz, localizada na Vila Amaral, em Dourados.
Aos 76 anos, Josephina encara sua batalha diária, de manter a creche funcionando com tudo de melhor para os ‘netinhos’, das 5h30 às 18h. Segundo ela, a história começou há 33 anos e seu marido, Flamarion Capilé, falecido há três, embarcou no sonho de vida da esposa: cuidar de crianças carentes

segunda-feira, 4 de março de 2013

Em média, 40 pessoas vítimas de drogas e álcool são atendidas diariamente em Dourados

Terezinha Inês Bonfim, psicóloga e coordenadora do Caps-Ad - Foto: Eduarda Rosa

Eduarda Rosa

De acordo com o Levantamento Domiciliar sobre o Uso de Drogas Psicotrópicas no Brasil, de 2005, cerca de 5,8 milhões de pessoas no país fazem tratamento contra o alcoolismo. Esse retrato se reflete no Caps-Ad (Centro de Atenção Psicossocial - Álcool e outras Drogas) de Dourados.
A psicóloga e coordenadora do local, Terezinha Inês Bonfim, disse que no local, tratam-se em média 40 pessoas diariamente e o maior número delas é por conta do alcoolismo. “Os pacientes de alcoolismo procuram tratamento mais do que das outras drogas e a faixa etária é de 35 a 60 anos, pois já estão sentindo os efeitos do álcool”, disse.

“Duplo Suicídio”, de 2,3kg, é vendido a R$ 28 em Dourados

Lanche "Duplo Suicídio" pesa 2,3kg- Foto: Eduarda Rosa
Eduarda Rosa
Tentar comê-lo sozinho é um verdadeiro atentado a própria vida. O lanche batizado como Duplo Suicídio, ou para os menos ousados apenas um Suicídio Simples, está fazendo sucesso na região do Jardim Itália e vem ganhando apreciadores de todas as partes da cidade.